social

COMO ESCOLHER O MELHOR SOFÁ PARA SUA CASA?

COMO ESCOLHER O MELHOR SOFÁ PARA SUA CASA?

O sofá é o maior móvel que você vai ter dentro da sala. Ele irá influenciar todo o ambiente, inclusive os acabamentos. Portanto vamos te dar dicas de como escolher o melhor modelo. Pois, iremos te mostrar as características básicas de diferentes modelos. O ideal mesmo é realmente fazer um projeto de interiores, para garantir a harmonia e funcionalidade. Mas a intenção aqui é passar algumas informações e dicas, que em alguns casos já vão resolver as dúvidas e preocupações.

Como eu vou usar o ambiente?

Em primeiro lugar, o sofá tem que combinar com seu jeito. Então você tem que saber como irá usar o ambiente em questão. Você precisa pensar se o sofá é mais para assistir TV ou para uma espécie de estar, onde o bate papo com os amigos é o que realmente importa. A relação com os móveis existente também é muito importante, se for o caso. Portanto é importante passarem a impressão de unidade no ambiente, assim o aparador, luminária, mesas de apoio têm que conversar entre si.

Quanto espaço eu tenho?

Outra dica importante para escolher sofá, é prestar atenção no tamanho do ambiente. Por isso, faça a medição da sala entes, ficando atento também a melhor posição deste elemento no local. Se for uma sala pequena, obviamente um sofá pequeno é a escolha mais interessante e para complementar o ambiente você pode usar poltronas ou puff que ocupam menos espaço e que são uma excelente solução para assentos extras no ambiente. Lembrem sempre de pensar na circulação do ambiente, ela tem q ser funcional e fluida.

Na hora de escolher o tamanho do seu sofá defina quanto e como você vai usar. Os sofás mais profundos são mais confortáveis para você assistir televisão, mas eles podem comprometer a área de circulação na frente sofá. Os que têm encosto mais alto eles permitem maior apoio para suas costas, já o de encosto baixo, deixa o ambiente bem mais moderno na decoração. A altura do acento também pode variar bastante, e assim como o encosto, os mais baixos combinam bastante com uma decoração contemporânea.

estilo do sofá 2

Qual estilo do sofá?

O sofá mais reto tem um design mais clássico e mais atemporal e os sofás mais baixos e mais arredondados irão deixar sua sala mais despojada e bem informal. Uma invenção relativamente nova, mas a chess é um modelo de poltrona muito antigo, quem tem o assento um pouco mais comprido para você colocar o pé. O sofá retrátil é muito flexível, porque durante a semana você pode deixá-lo aberto e assim ficar mais confortável para assistir televisão. E quando as visitas chegarem e você precisar de mais espaço no meio da sala é só escolher.

Os modelos com estrutura encostando no chão eles dão uma ideia de solidez, mas eles são visualmente mais pesados. Já modelos com pés aparentes que deslocam a estrutura do sofá do chão são ótimos para casas pequenas, porque que eles não interrompem o desenho do piso e isso prolonga o ambiente, transmitindo uma sensação de amplitude.

estilo do sofá

Qual material do sofá?

Fique atento ao tipo de tecido, pois pode ser um sofá de couro, suede, algodão, veludo, linho entre tantas outras opções. Alguns tipos de tecido como o suede, veludo e chenille são super confortáveis e agradáveis ao toque, porém acabam acumulando mais sujeira e mancham com facilidade. Já o sofá de couro, por exemplo, é atemporal e não absorve sujeira. De maneira geral, os tecidos naturais são mais confortáveis e os sintéticos mais duradouros e resistente. Portanto uma boa estratégia é ter um sofá que faça uma mescla entre natural e sintético, por exemplo, linho e poliéster. Outro ponto importante é que o acumulo de sujeira ou manchas, não tem relação com a cor do sofá e sim com os matérias que o revestem.

Já que falamos de cor, e existem inúmeras opções no mercado, vamos deixar nossa opinião sobre esse assunto também. Cor é muito pessoal, você pode ter a cor que você quiser em seu sofá, o cuidado maior é na relação dessa cor com o ambiente. Se você quer uma cor forte e chamativa, é importante que outros elementos sejam mais neutros e discretos. Uma opção interessante seria escolher uma cor mais neutra e não muito escura, como beje, marrom e cinza. Porque assim, a chance de errar na composição do ambiente é muito pequena. Desta forma é possível “brincar” com as cores em outros objetos de tamanhos menos expressivos dentro do ambiente.

 Dicas, SIM!

Um elemento bem versátil para sua sala é o Puff, isso mesmo, ele pode transformar o seu sofá em chess.  E com uma bandeja, deslocando-o para frente do sofá, você consegue transformar o puff em numa mesa de centro.

Sofá modulado é outro elemento bem versátil. Porque permite que você altere a composição da sua sala de maneira relativamente fácil. Outra vantagem é quando necessita de mudança de casa ou apartamento. Com esse tipo de sofá a adaptação do mesmo a nova sala, certamente será boa. Além de facilitar na própria mudança em si. Um outro fator interessante é que você também pode ir comprando os módulos à medida que você precisar.

Um grande mito que existe nessa área é que sofá grande é confortável e pequeno desconfortável, isso não é verdade. Porque as questões de conforto têm uma relação maior com o tipo de material usado na elaboração do mesmo. Desta forma, na hora de comprar, é com ficar atento ao tipo de estrutura usada, se tem mola ou não, que que tipo de espuma foi usado. Essa questão dos materiais também é muito importante, pois tem uma relação direto com a durabilidade e resistência do sofá. Uma boa dica é na hora da escolha, você deve “se jogar” nas opções que têm, pois, questões de ergonomia e conforto podem ser muito pessoais. Além de olhar a etiqueta, onde estará todas as informações.

Portanto o sofá é um grande elemento dentro do ambiente, e na escolha certa de matérias de acabamento e internos, certamente ele te acompanhará por muitos anos. Portanto quanto ao valor de investimento nesse móvel, acreditamos que deva ser o máximo que couber no seu bolso. Porque é um ponto focal dentro da decoração e tem uma função bem importante, podemos passar muitas horas nele ao longo da sua vida útil. Então vamos deixar para economizar em outro móvel ou peças decorativas.

Compartilhe:

Deixe um Comentário

Your email is safe with us.