social

FIBRA DE CARBONO: A SOLUÇÃO PARA SUA OBRA

FIBRA DE CARBONO: A SOLUÇÃO PARA SUA OBRA

A fibra de carbono pode ser considerada uma solução tecnológica utilizada no reforço estrutural da construção. A sua popularização no canteiro de obra tem se tornado uma realidade nos últimos anos, sendo usada para reforçar a estrutura de construções já existentes. A fibra tem trazido benefícios como agilidade e economia para os construtores. A tecnologia apresenta alta resistência e segurança, mas necessita de mão de obra especializada para executá-la.

O que é a fibra de carbono?

As fibras de carbono são compostas por filamentos constituídos por mais de 90% de carbono e são mais finos que nós fios de cabelo, trançados de forma a possuir resistência e flexibilidade enormes. As fibras são unidas entre si por um polímero denominado de matriz (resina), que funciona como uma espécie de cola, que liga as fibras na forma de fios, dá forma ao material e distribui a força no interior do conjunto.

O primeiro a produzir intencionalmente filamentos de carbono foi Thomas Edison, em 1878, por meio da pirólise do algodão, para serem usados em filamentos de lâmpadas incandescentes. Entretanto, a produção de fibras de carbono comerciais começou somente em 1950, e de lá para cá vem sendo feitas muitas pesquisas para melhorar a qualidade desse material.

Atualmente a fibra de carbono é utilizada para diversas finalidades, visto que é tão resistente e leve ao mesmo tempo. São um material versátil e de larga aplicação  fabricação de naves espaciais, em componentes estruturais submetidos a altas temperaturas, como componentes de turbinas de aviões e foguetes, na indústria de automóveis e veículos de competição como Fórmula 1, em peças de bicicletas, bem como em bens de consumo, tais como celulares, sapatos, móveis, eletrodomésticos, artefato de uso médico, esportivo e odontológico, além da construção civil.

Como a fibra de carbono pode ser utilizada na construção?

É uma solução muito utilizada no reforço estrutural de construções já existentes de concreto armado. A fibra de carbono é útil em construções que passarão por sobrecargas não previstas no projeto original ou por obras e intervenções que poderão fragilizar a estrutura.

A aplicação não é uma tarefa simples, exige trabalho qualificado e várias etapas na sua colocação. É necessário realizar uma recuperação e preparo do substrato de concreto para receber o material, realizando a limpeza do local e corrigindo imperfeições.

As placas de fibra de carbono são fixadas nas estruturas que necessitarão de reforço com auxílio da resina epoxídica. Após 24 horas, a fixação do material torna-se resistente e pode ser revestido. Revestido com argamassas como emboço e reboco, revestimento de gesso ou por outros materiais.

Primeiros usos

O material começou a ser empregado na construção civil pelos japoneses, devido à necessidade de estruturas mais fortes para resistir aos abalos sísmicos que afetam o país asiático. No Brasil, o material foi usado pela primeira vez em 1998, para reforçar as estruturas do viaduto Santa Teresa, em Belo Horizonte. Desde então, surgiram diversas teses e dissertações sobre o assunto, e algumas empresas também têm incentivado o desenvolvimento de pesquisas.

Vantagens e benefícios da fibra de carbono

Entre as vantagens do material está o seu rápido tempo de execução quando comparado aos demais métodos de reforço estrutural, contudo hoje ainda apresenta um custo elevado, mas que vem se popularizando e se tornando mais barato com os avanços em pesquisas e tecnologia.. Um dos maiores benefícios da fibra de carbono é que ela não sofre corrosão, nem os efeitos do tempo e clima, sendo mais durável que o aço. A fibra é inerte, portanto, não sofre também com a ação de ácidos, substâncias básicas e alcalinas.

Outro grande benefício é a combinação da fibra de carbono ser mais leve e resistente que o aço. Facilitando no transporte e aplicação de peças e reforços em construções.

Compartilhe:

Deixe um Comentário

Your email is safe with us.