social

Iluminação de interiores, como fazer da forma correta

Iluminação de interiores, como fazer da forma correta

Um dos principais destaques da arquitetura é a aplicação da iluminação de interiores, capaz de valorizar um ambiente ou destruí-lo visualmente, caso seja mal projetado. Por isso deve ser dada muita atenção a esse processo. Existem no mercado diversos equipamentos e luminárias, além de diversas técnicas de iluminação conhecidas, então vamos listar algumas delas que se corretamente aplicadas valorizarão o espaço de sua casa.

Iluminação direta

iluminação da cozinha

Iluminação da cozinha

Neste tipo de iluminação o fluxo luminoso incide diretamente sobre uma superfície, permitindo que não haja perda luminosa por absorção de paredes ou outros objetos. Também chamada de iluminação de tarefa, pois é mais aplicado em ambientes onde se realizam atividades como ler, escrever, cozinhar e costurar. Pode ser aplicada através de luminárias posicionadas estrategicamente, por exemplo, se você tiver uma sala pouco iluminada e com uma lâmpada de mesa acesa, será mais eficiente para realizar a tarefa do que se toda a sala estivesse acesa. A iluminação direta é ideal para a cozinha, escritório, ateliê, garagem e qualquer ambiente onde se trabalhe em casa. Deve ser utilizada com cautela, já que pode tornar-se visualmente cansativa, posto que tende a criar sombras “duras”. Vale pontuar que este sistema não é adequado ser posicionado sobre superfícies que emitam brilho ou reflexo, como espelhos ou vidros.

 

Iluminação indireta

Iluminação indireta

Iluminação indireta

Neste caso, a fonte luminosa é direcionada para um ponto de anteparo, uma parede ou fachada por exemplo. O objetivo é que uma parte da luminosidade seja absorvida pela superfície e o restante seja refletido, produzindo uma luz mais suave e harmônica. Este tipo de iluminação transmite conforto e bem estar visual, sendo adequado para espaços de relaxamento como salas de estar, dormitórios, spas.

 

Iluminação ambiente ou geral

Iluminação do ambiente

Iluminação do ambiente

Um dos tipos mais comuns de iluminação, caracteriza-se por uma luz suave, bem distribuída por todo o ambiente, que não incomode os olhos. Assim, garante conforto com um ar de sofisticação. Pode ser também aplicada de forma difusa, ou seja, a luz passa por um elemento difusor, como uma placa de acrílico ou luminária de vidro com aspecto leitoso, tornando a iluminação do ambiente bastante harmoniosa. Não é o ideal para destacar objetos, mas é indicada para salas de estar, varandas, hall de entrada e sala de jogos.

 

Iluminação de efeito

Iluminação de efeito

Iluminação de efeito

Neste sistema a fonte luminosa mantém-se embutida no forro ou algum elemento arquitetônico e serve apenas para evidenciar a luz em si, chamando atenção ao local. É utilizado em ambientes internos em sancas e nos ambientes externos como fachadas e no paisagismo.

 

Iluminação de destaque

Iluminação de destaque

Iluminação de destaque

Serve para destacar e realçar itens de decoração ou enxergar detalhes de uma tela ou escultura. Trata-se de uma luz muito concentrada com a intenção de atrair olhares para aquele ponto em questão, garantindo estilo e sofisticação à sua casa, quando aplicado de forma correta. É usada para destacar azulejos, obras de arte, estantes e coleções, como adegas. Do lado de fora de casa, pode iluminar um detalhe arquitetônico chamativo.

Indica-se que sejam adotadas lâmpadas corretas a cada situação, pois pela projeção direta da luz, certas lâmpadas tendem a elevar a temperatura sob a peça, ocasionando deterioração.

 

Iluminação de orientação

É utilizada ao longo de degraus e corredores para garantir segurança e orientar quem passe por estes locais. Pode ser disposta em balizadores, nichos de gesso embutidos nas paredes ou instalados externamente, em forma de postes de um jardim.

 

Wall Washing

Wall Washing

Como efeito cênico de iluminação, é aquele que ao empregar uma série de pontos de luz de modo seriado ou por meio de uma fita de led, produz as chamadas “lavagens de luz” sobre a superfície. É ideal para destacar fachadas e valorizar a arquitetura do imóvel.

 

Como visto, existem diversas técnicas de iluminação, a escolha de um profissional experiente para realizar o projeto e instalações irá fazer com que você tenha o maior conforto e resultado em sua casa.

Compartilhe:

Deixe um Comentário

Your email is safe with us.