social

POR QUE STEEL FRAME? CONHEÇA SUAS CARACTERÍSTICAS

POR QUE STEEL FRAME? CONHEÇA SUAS CARACTERÍSTICAS

Primeiramente o que é steel frame? De uma forma resumida e prática, steel frame ou light steel frame (LSF) é um sistema construtivo industrializado e altamente racionalizado, formado por estruturas de perfis de aço galvanizado, que tem como fechamento placas, ora placas cimentícias (externa), ora gesso (interna). Possui uma grande vida útil, por volta de 300 anos e é muito utilizado em construções pré-fabricadas. Há casas nos Estados Unidos em Steel Frame com mais de 200 anos.

A principal diferença do steel frame é a limpeza do canteiro de obras, pois não há necessidade do uso de água proporcionando uma construção seca, título pelo qual esse sistema construtivo também é chamado. Cabe destacar, ainda, que as construções em LSF são caracterizadas por serem a “seco”, pois, além de utilizarem estruturas de aço, também empregam, por exemplo, placas de gesso acartonado para vedação e lã de rocha como opção para isolamento térmico. Sob o ponto de vista do desenvolvimento técnico do LSF, essa arquitetura limpa apresenta alto nível de pré-fabricação, montagens simples, pequenas tolerâncias, planejamento preciso e entregas just-in-time (BURSTRAND, 1998).

Gorgolewski (2006) lista algumas das vantagens do uso do LSF, como alta resistência, baixo peso (tanto da estrutura como dos demais componentes), grande precisão dimensional e resistência ao ataque de insetos. Além disso, os materiais utilizados são quase que totalmente recicláveis, o que contribui para a sustentabilidade da edificação, além de contribuir para o aumento do nível de especialização e qualidade da mão de obra, estabelecendo altos padrões de construção.

E os acabamentos?

O steel frame, mesmo sendo um sistema com seus próprios materiais de fechamento, piso e cobertura, permite a utilização de acabamentos comuns em outros sistemas construtivos. Os acabamentos podem ser os mesmos da obra de alvenaria, como o mármore, texturas, pastilhas de vidro e cerâmica, desde que o cálculo esteja correto. Dessa forma, o resultado pode ser mais familiar ao gosto nacional. O que não pode faltar é a estrutura, em perfis de aço galvanizado, colocadas com espaçamento definido em cálculos estruturais e seguindo normas bem específicas quanto ao dimensionamento de perfis e forma de construção. Aliás, como em todo projeto, os cálculos devem ser seguidos à risca e refeitos em caso de quaisquer mudanças como troca de paredes e de materiais.

A instalação de tubulações de água, energia e gás utilizam materiais comuns no mercado, mas são mais fáceis e rápidas de executar no sistema steel frame. “Os profissionais de elétrica e hidráulica que conhecem a construção em frames costumam cobrar menos pelo serviço, pois sabem que terão menos trabalho em instalar”, explica Santiago.

Outra facilidade está no uso de mantas de isolamento acústico. Pode-se colocar maior quantidade de mantas de lã de rocha para isolar melhor uma sala que será um estúdio musical, por exemplo, sem precisar reforçar a estrutura das paredes. E, com o aumento do uso do steel frame no País, alguns erros do passado não acontecem mais. “No início soubemos de obras em que vizinhos que dividiam a mesma parede ouviam todas as conversas um do outro, porque as paredes estavam ocas, por falha da obra que foi feita sem o devido isolamento acústico”, conta Andrades.

Vantagens:

  1. Obra rápida e limpa;
  2. Construção a seco;
  3. Redução de prazos;
  4. Facilidade de passagem e manutenção de instalações elétricas, hidrossanitárias, cftv, gás, dados, ar condicionado, dentre outras;
  5. Leveza e redução do custo de fundações (se comparado com alvenaria);
  6. Menor número de etapas de construção;
  7. Redução de desperdícios. Devido ao processo ser industrializado, as etapas de obra são atividades de montagem.

Desvantagens:

  1. O custo. Ainda é superior ao de uma edificação de alvenaria. Logo, mesmo que o prazo de construção seja 1/3 de uma construção convencional.
  2. Tradicionalismo das pessoas;
  3. Necessidade de profissionais mais qualificados. Treinamento.

Aos poucos o steel frame está entrando no mercado. Porque há uma procura pelo alto desempenho e a sustentabilidade na construção civil, este sistema se mostra-se muito eficiente e apropriado. Podemos afirmar então que é o sistema do futuro, ou melhor de presente!!

 

Normas de Referência:

ABNT NBR 15.575; 2013 – Edificações Habitacionais – Desempenho

ABNT NBR 14.762; 2010 – Dimensionamento de estruturas de aço constituídas por perfis formados a frio

ABNT NBR 6355; 2012 – Perfis estruturais de aço formados a frio — Padronização

Referências bibliográficas:

PEREIRA, Caio. Steel Frame: o que é, características, vantagens e desvantagens. Escola Engenharia, 2018. Acesso em: 9 de setembro de 2019.

ROSSI, Fabrício. Steel Frame: Vantagens e Desvantagens. Aprenda Agora! Acesso em: 9 de setembro de 2019.

GORGOLEWSKI, M. Developing a Simplified Method of Calculating U-Values in Light Steel Framing. Building and Enviroment, v. 42, n. 1, p.230-236, 2006. BURSTRAND, H. Light Gauge Steel Framing Leads the Way to an Increased Productivity For Residential Housing. Stockholm: Swedish Institute of Steel Construction, 1998.

 

 

Compartilhe: