VOCÊ SABE ESCOLHER UM BOM TAPETE?

VOCÊ SABE ESCOLHER UM BOM TAPETE?

O tapete é um dos últimos itens que escolhemos para a decoração. ele tem o poder de deixar o ambiente mais aconchegante, conecta todos os móveis criando unidade e integra toda a decoração. Além de deixar o ambiente mais confortável, ele leva alegria e personalidade sem precisar de muitos recursos.

Acreditamos que o tapete é item indispensável na sala pelas seguintes características:

  • Elemento decorativo;
  • Delimitam espaços;
  • Isolamento térmico (esquenta o ambiente, principalmente se o piso for frio);
  • Mais aconchego e conforto;
  • Integração dos móveis;
  • Estilo e personalidade;

Para a escolha ideal, devemos estar atentos a quatro elementos, que são eles:

TAMANHO

A primeira coisa a se fazer é verificar o tamanho do cômodo para a partir disso observar como a peça se encaixa no local – então o ideal é medir tudo. É recomendado que o tapete seja da largura do sofá ou um pouco maior e é importante que que ele fique preso embaixo do sofá, para evitar acidentes. O comprimento vai depender da distância entre o sofá e o rack ou poltrona. Além disso, é interessante que o tapete preencha todo o espaço e que também passe embaixo dos móveis. Portanto quanto maior a sala, maior deverá ser o tapete.

Atualmente, os tamanhos mais fáceis de serem encontrados de tapete para sala são os de 200×250, 200×300 e 200×150cm.

Sala virtual em 3D

ESTILO

O tapete tem que combinar com a decoração da sua sala. Se ele tiver um desenho orgânico ou feito com fibra natural ele irá combinar com uma decoração que tem mais madeira e plantas, se for um tom mais neutro e liso vai permitir que use mais cor na decoração, já os tapetes mais geométricos pedem uma decoração mais neutra uma vez que esse tipo de tapete são mais chamativos. O segredo é equilibrar as coisas para não ficar passando muita informação.

O material do tapete para sala também diz muito sobre o estilo da decoração. Os tapetes para sala felpudos são extremamente aconchegantes e confortáveis, já os de sisal, por exemplo, remetem a uma decoração mais rústica. Outro clássico são os tapetes de crochê, que garantem um toque acolhedor e vintage ao ambiente.

COR

O tapete tem a força de ser um destaque dentro do ambiente, o chamado ponto focal, por ser um elemento grande dentro do ambiente. Então, se ele for estampado ou colorido, irá atrair os olharem naturalmente. Se sua intenção for essa é necessário equilibrar o ambiente com um sofá com cor e design neutro e discreto. A outra possibilidade é usar o tapete apenas como complemento da decoração que para isso a melhor alternativa é usar uma cor clara e neutra, como o cinza, bege e marrom. Lembrando que cores claras não tem relação com sujar mais, o que manda na questão da sujeira é o material.

A cor também implica na percepção de amplitude do espaço. Isso quer dizer que tapetes de cores claras aumentam visualmente o ambiente, enquanto as cores escuras tendem a diminuir.

MATERIAL

Existe ainda a possibilidade de optar por tapetes de fibras naturais ou sintéticas. No primeiro caso, entram os tapetes de lã, couro, algodão e sisal. Estes tendem a ser mais caros, duram menos e consequentemente necessitam de maiores cuidados. Já os tapetes de fibras sintéticas, como os de polipropileno e nylon, possuem um preço menor, são fácies de cuidar e mais resistentes.

Essas são as características importantes de se ter conhecimento a respeito desse elemento tão importante na decoração e nossa intenção aqui é auxiliar você na escolha certa. Se mesmo depois de ler este post ainda estiver dúvidas, deixaremos umas receitas prontas para você:

Sala estreitas – Com pouco espaço entre a TV e o sofá, o ideal é ocupar todo o ambiente com o sofá em uma cor neutra e clara, assim dando uma sensação de amplitude.

Minimizando erros – SIM acredita que essa dica é quase infalível. Procure por um tapete retangular, que seja de um tamanho que ocupe todo o ambiente, com uma cor neutra como: bege, branco e cinza, que fazem o trio perfeito para qualquer tipo de sala e por fim, que seja de polipropileno, devido a durabilidade e preço.

No final de tudo o importante é o equilíbrio e harmonia entre os elementos utilizados e que você se sinta bem no ambiente – que a decoração estimule a permanência na sala e não incomode a ponto de ficar desconfortável.

Compartilhe o post:

Deixe Um Comentário

Seu e-mail está a salvo connosco.

Abrir WhatsApp
1
Olá!
Podemos te ajudar?
Powered by